A sociedade de risco de Ulrich Beck e sua aplicabilidade na era pós-moderna

  • Carlos Dondici da Silva Faculdades Integradas Vianna Júnior
  • Gustavo Porto Lopes
  • Heitor Homem Martins Magalhães
  • Hugo Campos Lourenço
Palavras-chave: Teoria Social, Sociedade de Risco, Globalização, Pós-Modernidade

Resumo

Este trabalho possui o objetivo de analisar a aplicabilidade da Sociedade de Risco proposta pelo sociólogo Ulrich Beck frente aos avanços ocorridos na Pós-Modernidade. Para obter as respostas acerca do questionamento levantado neste trabalho, foi feita uma pesquisa bibliográfica e documental juntamente com apresentação de conceitos e estudos referentes à teoria proposta por Ulrich Beck e sua relação com a Pós-Modernidade. O estudo foi baseado em livros e artigos que tratam dos temas supracitados e os correlacionam. Além disso, foram levadas em conta teorias e ideias desenvolvidas por sociólogos estudiosos da área. Dentre as principais conclusões, é notório que a fragilidade e a liquidez das relações humanas na era pós-moderna apenas agravam ainda mais a propagação de riscos, que, devido à mentalidade pré-revolução industrial na tomada de decisões, são olvidados pela sociedade pós-moderna e por organizações governamentais e estatais.

Biografia do Autor

Carlos Dondici da Silva, Faculdades Integradas Vianna Júnior

Graduando de Direito nas Faculdades Integradas Vianna Júnior

Publicado
10-08-2020